terça-feira, 17 de março de 2009

Convite


Quem e como convidar?

Como responder a um convite para um evento social ou oficial?Um convite não deve ser feito de maneira equívoca, indefinida ou imprecisa. Convida-se quando se quer celebrar uma data, retribuir outro convite, homenagear alguém, realizar um encontro informal, um casamento, etc.
Distingue-se uma pessoa quando a convidamos para um evento, demonstrando-lhe assim que a sua presença dá prazer e deixa honrado a quem convida.
Já, oficialmente, convida-se não para dar prazer. Assim, não é adequado constar no convite a expressão “tem o prazer de convidar”, mas “tem a honra de convidar” ou “convida”, conforme o grau de importância dos destinatários. A redacção dos vários tipos específicos de convites obedece a regras muito precisas, na etiqueta bem como em Protocolo.
Os convites podem ser feitos de diversas formas, de acordo com o grau de intimidade e familiaridade.
Pelo telefone, quando se trate de alguém muito íntimo, ou quando há um contacto prévio ao seu envio.
Pessoalmente, quando se dá um encontro fortuito permitindo a entrega do convite.Pelo correio, quando se envia o convite e p.m.Em mão, nas situações mais formais e para individualidades oficiais.

Tipos de convites

Formais – oficiais, corporativos
Informais – corporativos, pessoais
São oficiais, quando o anfitrião é uma autoridade
São corporativos, quando o anfitrião é uma entidade privada
São pessoais, quando o anfitrião é um particular

Convites formais
São escritos na terceira pessoa, impressos com tinta preta numa folha de cartolina fina ou numa folha de cartolina dobrada branca, ou tom cru, e as letras com formato clássico. Devem ser entregues em dois envelopes, não sendo fechado o interior.
Indica-se na primeira linha a designação do cargo do anfitrião ou da entidade que convida. Deve ser igualmente indicado o acto para o qual se convida, o local, a data a hora e o traje.

Convites informais
Usam-se geralmente para eventos de menos cerimónia como uma comemoração natalícia, um jantar informal ou um evento empresarial de apresentação de produtos ou serviços ao mercado. Podem ser feitos em papel de carta normal, e, só neste tipo de convite se escreve a palavra convite.
São feitos usualmente com grande simplicidade, podem ser escritos na terceira pessoa, tal como os formais, mas não se indicando os cargos e títulos precedendo os nomes.

Convites pessoais
Este convite não obedece a uma forma rígida podendo ser feito pessoalmente, por telefone ou por escrito.

Responder a um convite
Quando se é convidado para um evento pelo simples envio de um convite, sem qualquer consulta prévia, este deverá ser respondido no prazo de 48 horas, seja para o aceitar ou declinar.
Se o convite tiver as iniciais R.S.F.F. (responder se faz favor) ou R.S.V.P. (repondre s’íl vous plait), deve-se obrigatoriamente responder por escrito, o mais elegante ou por resposta telefónica.
Para aceitar O convidado aceita o convite; para o evento “x”; realizado por tal razão; menciona-se a data, não sendo necessário mencionar o local ou a morada.

Para recusar
O convidado substitui a palavra aceita, pela expressão também na terceira pessoa “lamenta não poder aceitar o convite com que foi honrado” ou “lamenta não poder aceitar, em razão de compromisso assumido anteriormente”.
A um convite formal que não seja oficial pode ser dada uma resposta informal, mostrando atenção e agradecimento através de um telegrama, uma carta, onde se expressa o pesar de não poder comparecer e se apresentam os cumprimentos e os votos que forem oportunos.

Sem comentários: