sexta-feira, 10 de novembro de 2006

Mal nos conhecemos
Inaugurámos a palavra «amigo».
«Amigo» é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo,
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece,
Um coração pronto a pulsar
Na nossa mão!
«Amigo» (recordam-se, vocês aí, Escrupulosos detritos?)
«Amigo» é o contrário de inimigo!
«Amigo» é o erro corrigido,
Não o erro perseguido, explorado,
É a verdade partilhada, praticada.
«Amigo» é a solidão derrotada!
«Amigo» é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil,
«Amigo» vai ser, é já uma grande festa!

2 comentários:

King Rated R disse...

palavra amigo uma palvra tao valioso nos dias de hj num mundo cheio de maldade e crueldades,valorizas bastante a amizade eu tb, gosto imenso do teu texto toka bem no fundo de kem gosta dos seus amigos, e eu gosto mt dos meus, conservem os amigos sao muito inportantes pa nossa existencia.
Ricardo Marques

filipe disse...

redbird776@hotmail.com